Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

As aventuras de Júnior & Joana no aeroporto

As aventuras de Júnior&Joana

  • 333

Texto dos alunos do 4º ano do Colégio Jardim das Cores, Vila do Conde, com a professora Liliana Cardoso

Era segunda-feira, Júnior e Joana estavam à porta da escola, muito entusiasmados, à espera que o autocarro chegasse, pois iam a uma visita de estudo ao aeroporto com a sua turma.

Pelo caminho, Júnior e Joana apreciavam a paisagem. À medida que se aproximavam do aeroporto, a excitação aumentava porque, pela primeira vez, iam entrar num avião.

Finalmente chegaram ao destino, onde os esperava um guia com cartões de visitante para cada aluno.

De seguida, a turma passou por um detetor de metais, onde todos se riram muito porque, quando a professora passou pelo sensor, este produziu um som muito estranho, mas que não passou de um falso alarme.

Já no avião, foram recebidos pelo comandante e as hospedeiras de bordo que os convidaram a ver o cockpit. Júnior e Joana estavam tão surpreendidos com a quantidade de botões e luzinhas que nem deram pela falta da turma que já se encontrava noutro local.

Subitamente, ouviu-se um estrondo... as portas do avião tinham acabado de se fechar. Júnior e Joana entreolharam-se e concluíram que a turma já tinha saído do avião.

Júnior, assustado com o que se estava a passar, perguntou à Joana:

-Estás a ouvir o mesmo do que eu? Acho que o avião vai descolar!

Num abrir e fechar de olhos, Júnior e Joana já se encontravam a voar por cima das nuvens. Qual o seu espanto quando o avião aterrou num país onde tudo era feito de doces: a areia era açúcar mascavado, a água do mar sumo de mirtilo, as casas de chocolate, as árvores de chupa-chupas, as nuvens de algodão-doce e a chuva de pintarolas.

Nesse país era inverno; o algodão doce escureceu em tons de cinzento e começaram a cair pintarolas do céu. Júnior e Joana procuraram um abrigo e foram surpreendidos por um som que lhes era familiar... o latido de Gão, o seu cão de estimação que, como todas as manhãs, os cumprimentou, lambendo-os.

Mas, inesperadamente, ouviram uma voz:

-Bom dia meninos! Está na hora de acordar! Hoje vão à visita de estudo ao aeroporto- disse a mãe de Júnior e Joana com uma voz doce.

Júnior e Joana acordaram. Afinal, tudo não tinha passado de um sonho!

Colégio Jardim das Cores (Vila do Conde)

Turma do 4º ano da Professora Liliana Cardoso