Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

As Aventuras de Júnior & Joana em Marte

As aventuras de Júnior&Joana

  • 333

Trabalho dos alunos do 7ºC da EB2,3 de Álvaro Velho, Barreiro, com a Professora Fátima Iglesias

Durante uma visita de estudo a um museu de astronomia nos E.U.A., Júnior e Joana, acompanhados de Gão, decidem tornar memorável a experiência e afastam-se do seu grupo.

Os dois irmãos entram numa nave pronta a descolar e ficam deslumbrados. Imediatamente começam a clicar em todos os botões, a puxar todos os manípulos. Antes que alguém possa intervir, Joana e o irmão já estavam a passar a atmosfera!

Dentro, tinham à sua disposição vestuário próprio. Não sabiam pilotar a nave, claro, mas esta, anteriormente programada, navegava pelo espaço em piloto automático... em direção a Marte.

À sua espera só havia terra avermelhada e crateras formadas por meteoritos que ali tinham caído. Quando, no segundo dia, foram surpreendidos pela estranha chuva, abrigaram-se numa cratera em forma de gruta e reencontraram Gão.

Mais tarde, os três refugiam-se na nave e tentam voltar a Terra. Sem resultado, os manípulos não reagem: falta de combustível. Lá fora, os meteoritos ainda ameaçam, durante algum tempo, a integridade da nave. Júnior e Joana só queriam voltar a casa, mas, para o fazer, precisam de combustível. Saem para encher o depósito com a areia avermelhada. Tentam, novamente, colocar a nave a funcionar e não é que resultou? O motor liquidificara os grãos de areia. Só então surge a questão: "como é que Gão chegou a Marte?"

Obviamente que também ele se tinha escapulido para dentro da nave, a avaliar pelo estado do sofá que descobriram numa espécie de quarto secreto no interior da nave.

_ Ó Júnior, como é que ele sobreviveu sem um fato que lhe fornecesse oxigénio?!

- insiste Joana.

- Para isso, só há uma resposta: o Gão é muito especial, já o sabíamos - responde Júnior.

Chegados a Terra, contaram a todos a sua aventura. A todos espantava a sua descoberta: a possibilidade de transformar grãos de areia de rocha especial em combustível, algo que os cientistas já investigavam e agora se revelava possível, graças a Júnior, a Joana, e, claro, a Gão.

Trabalho dos alunos do 7ºC da EB2,3 de Álvaro Velho, Barreiro, com a Professora Fátima Iglesias