Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

E se de repente uma grande ventania empurrasse a areia do deserto do Sara?

E se de repente...

  • 333

História dos alunos de língua portuguesa do 5.º C da Escola Básica de Santiago Maior, Beja, com a coordenação: Prof.ª Isabel Montes    

Texto dos alunos de Língua Portuguesa, 5.º C

Alunos: Ana Margarida, Carolina Dimas,Catarina Cacito 

Coordenação: Prof.ª Isabel Montes     

 

E se de repente uma grande ventania empurrasse a areia do deserto do Sara, que nos levaria ao fundo do mar?

Viveríamos em casas pequenas feitas de coisas do mar:                         

 - as portas eram algas grossas e compridas que mudavam de cores constantemente; 

- as janelas eram feitas de muitas conchas que ficavam juntas e que abriam para fora;

- o telhado era feito de vários caranguejos que protegiam bem a casa dos perigos do mar;

- as paredes eram pérolas preciosas que brilhavam de noite, na escuridão;

- o chão era a areia mais fina do mundo...

- Faríamos as nossas próprias roupas com algas coloridas e agrafaríamos com as pinças dos caranguejos. 

- Também podíamos pescar a nossa comida.

- O nosso meio de comunicação seria o telemóvel mas era um simples búzio.

- As televisões seriam pérolas de sonhos.

- O ecrã seria a parte de cima da concha e o comando seria a pérola.

- O nosso meio de transporte seria uma raia, um lindo golfinho ou nadaríamos rapidamente.

E se de repente uma grande ventania empurrasse a areia do deserto do Sara?

Clica no 

E se de repente fôssemos famosos?

Clica no 

 

Escola Básica de Santiago Maior, de Beja

Língua Portuguesa, 5.º C                                                   

Ana Margarida

Carolina Dimas

Catarina Cacito

Coordenação: Prof.ª Isabel Montes