Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

As Aventuras de Júnior & Joana num laboratório científico

Iniciativas escolas

  • 333

Texto dos alunos do 9.ºA do Colégio Bernardette Romeira, Olhão, com o professor Ricardo Capitão 

Lá fora os raios de sol iluminavam os campos cobertos de erva, e os pássaros cantavam melodias tranquilizadoras. Júnior encontrava-se no seu quarto a estudar para o exame final de Físico-Química, tal como Joana. Gão respirava profundamente aos pés da cama de Júnior. Com o passar do tempo a cabeça de Júnior e de Joana começou a cambalear até que pousou lentamente nos livros, de olhos fechados. Dois sonhos formaram-se e fundiram-se num só.

-Ei, sai do meu sonho Júnior! - resmungou a Joana.

-Nem penses, eu cheguei primeiro. - replicou o Júnior.

Outra voz surgiu, esta possuía algo de fantasmagórico.

- Crianças! Acalmem-se. - pediu a voz. - Vocês estão muito brancos.

Na realidade Júnior e Joana tinham-se virado para o local de onde a voz tinha surgido, e ficaram brancos como cal quando se aperceberam que se tratava do fantasma de Isaac Newton.

-Tu és Newton. - disse Joana a medo.

-Exatamente!

-Então já que és especialista em física talvez me possas esclarecer uma dúvida. - pediu Júnior.

-Bem, posso tentar. O que queres saber? - perguntou Newton.

-A força gravítica apenas se aplica na Terra?

-Não, claro que não. A força gravítica atua em todo o Universo. Por exemplo, tal como uma maçã que cai de uma árvore é atraída para o chão por uma força, essa mesma força atrai a Lua para o centro da Terra. É graças a esta força gravítica que os satélites artificiais se mantêm na órbita desejada. - explicou o fantasma.

-Então e é verdade que quando a Terra aplica uma força sobre qualquer corpo, esse corpo também exerce uma força na Terra? - perguntou Joana.

-Claro que sim, a isso dá-se o nome de Lei da Ação-Reação, quando um corpo exerce uma força sobre outro, este reage, exercendo uma força sobre o primeiro com a mesma direção e intensidade, mas com sentidos opostos. - respondeu Newton.

-Finalmente percebi. Parece que o estudo acabou Júnior, estamos livres! - disse animadamente Joana.

O fantasma soltou uma gargalhada que se foi desvanecendo à medida que Júnior e Joana acordavam com o ladrar de Gão...

Turma 9.º A - Colégio Bernardette Romeira - Olhão