Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

6 parques de skate a descobrir

Visão Júnior

José Carlos Carvalho

Para experimentares a modalidade ou treinares os truques que já sabes, eis uma seleção dos parques de skate que vale a pena visitar

Skate Park Boardriders Quiksilver Ericeira

Marcos Borga

Este parque tem duas particularidades: vista para o mar da Ericeira, o que lhe dá um ambiente muito especial, e duas bowls (que são as pistas de skate em forma de piscinas redondas e vazias), caso raro em Portugal. Aqui podes ter aulas de skate, assistir ou participar nos vários campeonatos que lá se realizam e até levar os teus pais, que podem descansar na varanda do bar enquanto tu te divertes.

Skatepark Monsanto

Luís Barra

É provavelmente o skate park mais novo do País, já que foi renovado e inaugurado em junho de 2018. Fica no Parque Natural de Monsanto (na Estrada de Montes Claros) e está dividido em três patamares, o último dos quais com uma bowl.

Skatepark Parque das Gerações

José Carlos Carvalho

O único skate park da área de Lisboa com vista para o mar fica em São João do Estoril, na Linha de Cascais. É muito grande e bastante completo, já que inclui zonas distintas: uma praça-mar (onde as rampas simulam as ondas do mar), uma zona de street skate (que imita a rua) e, no topo do parque, há também uma piscina, à qual se pode chegar por uma snake run, ou seja, um caminho com curvaturas. Aqui, encontram-se pessoas de todas as idades a andarem de skate, não se chamasse Parque das Gerações, e na Moche Skate Academy há aulas mesmo para todas as idades: a aluna mais nova tem um ano e sete meses, e a mais velha 65 anos!

Skate Park da Maia

Lucília Monteiro

Este é o maior skate park da zona Norte. Fica na Maia, a 20 minutos de carro do Porto, mas também consegues chegar lá de autocarro ou de metro. Conta com várias áreas técnicas, que simulam elementos usados habitualmente nas ruas, como escadas, muros ou corrimãos. Tem mais de 20 mil metros quadrados e capacidade para quase 100 pessoas a skatar ao mesmo tempo.

Casa da Música

Lucília Monteiro

A Casa da Música não é um skate park, mas a principal sala de concertos do Porto, localizada na Avenida da Boavista. No entanto, a sua parte exterior e a sua arquitetura são perfeitas para andares de skate, de bicicleta e até de patins em linha: o chão é liso, com algumas rampas e até tem corrimãos, o que traz muitos miúdos de todas as idades ao spot. Quem conhece o local já sabe que aqui encontra um ambiente radical, com pessoas que já se conhecem por ali passarem várias tardes.

Quantum Park

Marcos Borga

Abriu há um ano na Linha de Sintra e é um parque de diversões para toda a família, . Além de trampolins e de paredes de escalada, podes experimentar um skate park coberto, com três half pipes (estruturas em forma de «U») de tamanhos diferentes. São os três de madeira (mais suave para as quedas) e um deles (o maior) tem um «gémeo» que é um «airbag» gigante, com quatro metros, onde os skaters podem aterrar em segurança. O Quantum Park tem aulas de skate e de outras modalidades. Sempre que chover, este é um local para te abrigares, a ti e ao teu skate. Mas atenção: a entrada é paga.