Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

Para que servem as provas de aferição?

Visão Júnior

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, respondeu a algumas perguntas sobre as provas de aferição. Se estás no 2.º, no 5.º ou 8.º ano, este artigo interessa-te

Os testes e exames podem ser alturas de maior nervosismo, e alturas de nervosismo levam-nos a colocar questões. No caso das provas de aferição, a primeira pergunta, e a mais importante, vai ser sempre: se não conta para passar ou chumbar, para que serve? E porque há provas de aferição no 2.º, 5.º e 8.º ano, e não nos outros anos?

Para lá destas duas perguntas, questionamos também o ministro da educação sobre quem faz as perguntas, quem corrige as provas e ainda: na prática, a nota obtida na prova vai servir para alguma coisa no futuro? Fica registada no processo de cada aluno?

Lê as respostas do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, na VISÃO Júnior de maio, que já está nas bancas!

As datas das provas

2.º ano

Até 10 de maio: Expressões Artísticas e Expressões Físico-
-Motoras (provas práticas). 18 de junho: Matemática e Estudo do Meio. 15 de junho: Português e Estudo do Meio

5.º ano

Entre 21 e 30 de maio
: Educação Musical, Educação Visual e Educação Tecnológica (provas práticas). 8 de junho: Português

8.º ano

Entre 21 de maio e 5 de junho: Educação Física 
e Educação Visual (provas práticas). 12 de junho: Matemática