Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

Vamos descobrir o Espaço!

Visão Júnior

Este sábado, 1 de abril, podes ficar a saber mais sobre o Universo, assistindo à sessão gratuita no Planetário de Lisboa, às 6 da tarde, organizada pela VISÃO Júnior e pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço. Não é preciso pagar, só tens mesmo é de te inscrever!

Sabias que 83% da matéria no Universo é invisível? E que a luz cósmica que nos traz informação sobre o início do Universo viaja há 13,7 mil milhões de anos? Será que o Universo vai expandir para sempre? Que sinais temos do início do Universo?

Estas e outras questões vão ser esclarecidas na terceira aventura (totalmente gratuita) organizada pela VISÃO Júnior e pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço. Chama-se Cosmologia, mas agora aos quadradinhos. Lá por ser no dia 1 de abril não quer dizer que seja mentira! E toda a gente pode participar, mesmo que não tenha assistido às sessões anteriores.
A cosmologia é o ramo da astronomia que estuda a origem, a estrutura e a evolução do Universo. E os astrofísicos Sofia Carvalho, Nélson Nunes e Tiago Barreiro mostram-nos, quadradinho a quadradinho, como tudo começou. Como é que eles sabem o que aconteceu? Pois é, parece que a luz cósmica contém informação sobre a história do Universo. Imagina! E esta luz viaja há 13,7 mil milhões de anos. No início de tudo, as partículas estavam tão juntas que a luz não conseguia viajar. Hoje, sabemos que a velocidade da luz é igual a 299 792 458 metros por segundo. Mas, mesmo se viajássemos a esta velocidade, levaríamos 26 mil anos a chegar ao centro da nossa galáxia! O Universo é mesmo muuuuuuuuuuuuito grande. E misterioso.

Como participar?

Pessoas a partir dos 6 anos, que queiram assistir ao encontro, podem inscrever-se GRATUITAMENTE com a família, até dia 30 de março, clicando aqui (site do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço)

Próximos encontros

1 de abril, 18h00

Cosmologia, mas agora aos quadradinhos

No Planetário Calouste Gulbenkian, em Lisboa

24 de junho, 18h00

A vida das estrelas

No Planetário do Porto