Vila Real, 20 jun (Lusa) -- Vila Real quer produzir flores para a indústria de perfumaria de Grasse, em França, um projeto que está a ser estudado no âmbito da geminação das duas cidade e que contará com a parceria da universidade transmontana.

A cidade de Grasse, localizada no sul de França, possui uma grande tradição na produção de perfumes. A história da perfumaria remonta à Idade Média e, atualmente, ainda ali existem cerca de 60 fábricas.

O presidente de Grasse, Jean Pierre Leleux, que termina hoje uma visita de dois dias a Vila Real, referiu que muitos produtores de flores deixaram o território francês e optaram por instalar os seus campos em outros países, como a Turquia, Marrocos ou Bulgária, aonde os custos de produção são mais reduzidos.