Um incêndio de grandes proporções deflagrou na freguesia de São Gonçalo, concelho do Funchal, e ameaçou dezenas de habitações.

Na estrada para a Camacha, as chamas cobriam uma grande área.

O incêndio era visível da cidade do Funchal e várias pessoas foram forçadas a sair de casa.

"Salvaguardar a vida das pessoas"

O presidente da Câmara do Funchal, Miguel Albuquerque, dizia, ontem à noite, que o "vento muito forte" estava a prejudicar o combate ao incêndio.

"Estamos numa fase de ataque ao fogo, estabelecemos três linhas de corte, estamos a tentar controlá-lo, o que se está a revelar difícil porque o vento está muito forte", declarou Miguel Albuquerque aos jornalistas numa das frentes do incêndio, na freguesia de São Gonçalo.

O autarca salientou que a prioridade era "salvaguardar a vida das pessoas".