Bruxelas, 11 mai (Lusa) - As remunerações dos trabalhadores vão cair e a produtividade do trabalho vai manter-se idêntica este ano e no próximo em Portugal, segundo as previsões de primavera da Comissão Europeia, hoje divulgadas.

A Comissão prevê que as remunerações 'per capita' reais (isto é, ajustadas para a inflação) dos trabalhadores caiam 6 por cento este ano e 1,9 por cento no próximo. Caso se concretizem estas previsões, serão quatro anos consecutivos de redução das remunerações do trabalho.

Este ano, só na Grécia é que haverá uma redução maior nas remunerações, segundo a Comissão.