A suíça Nicola Spirig e a sueca Lisa Norden nadaram 1500 metros no lago central de Hyde Park, depois pedalaram, nas suas bicicletas, durante 43 quilómetros e, finalmente, correram mais 10 quilómetros no centro de Londres. E ao fim de uma hora, 59 minutos e 48 segundos acabaram por chegar as duas à meta exatamente ao mesmo tempo. Tão juntas que o cronómetro não as conseguia separar. Veio o veredicto do photo-finish que fotografa o momento exato em que cortaram a meta. E aí, os juízes consideraram que o corpo de Spirig estava cerca de 15 centímetros à frente, ganhando, assim, a medalha de ouro, na mais renhida prova de sempre de triatlo em Jogos Olímpicos.

Algo semelhante tinha ocorrido nos Jogos de Pequim, há quatro ano, mas nuns emotivos 100 metros mariposa masculinos, num duelo impressionante entre o norte-americano Michael Phelps e o sérvio Milorad Cavic. O vencedor só foi encontrado, no meio de grande polémica, com recurso às imagens obtidas debaixo de água, com a sequência final dos dois nadadores até tocarem na parede de meta. Aí, no entanto, foi possível determinar o tempo de diferença: Michael Phelps acabou a prova 1 centésimo de segundo antes de Cavic.  

O célebre "photo-finish" de Michael Phelps e Milorad Cavic: