"Todos os livros de não ficção de Lance Armstrong, incluindo ' Lance Armstrong: Imagens de um campeão', ' O programa de desempenho de Lance Armstrong: o maior campeão do mundo', serão transferidos de imediato para a secção de ficção", destacava o anúncio da Biblioteca de Manly, em Sidney. 

Um utilizador do Twitter publicou uma fotografia da nota, com o comentário "não há ira como a de um bibliotecário" e, rapidamente,  a imagem se tornou viral, chegando a ser noticiada em vários órgãos de comunicação internacionais.

A Biblioteca de Manly já fez saber que o aviso em causa foi uma partida e estava em curso uma investigação interna. "As bibliotecas não podem reclassificar categorias de livros arbitrariamente porque isso depende do número ISBN emitido pela Biblioteca Nacional", explicou um porta-voz, esta segunda-feira.