Kelly Slater, o surfista norte-americano que já conquistou por dez vezes o título mundial, esteve em grande forma na Austrália. Primeiro derrotou Tiago Pires, na meia-final, descansou alguns minutos, e, venceu o australiano Taj Burrow na grande final.   

A primeira ronda do Circuito Mundial de Surf aconteceu nas ondas de Snapper Rocks, na Gold Coast. Ao longo de uma semana, milhares de pessoas assistiram aos 34 melhores surfistas do mundo em ação na praia, e, claro, através da televisão e da Internet. Uma das novidades foi a emissão especial em direto para os utilizadores de iPad no site oficial da prova.

Tiago Pires, o Saca para os amigos, terminou o campeonato na terceira posição, empatado com Jordy Smith, o sul-africano que é apontado como grande favorito ao título mundial em 2011. Kelly Slater já anunciou a intenção de não competir a totalidade das etapas.

O resultado do surfista português é muito importante. O novo regulamento da Associação de Surfistas Profissionais (ASP) indica que apenas os 22 melhores classificados quando o dream tour chegar ao  Tahiti, em Teahupoo na Polinésia Francesa, têm o seu lugar garantido para a segunda metade do ano. Como este terceiro lugar, Tiago Pires garantiu 6.500 pontos que podem ser fundamentais para esta contabilidade.