De acordo com o administrador da TAP Luiz Mor, que falava numa conferência de imprensa na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), esse crescimento "será alavancado em termos de volume com os mercado Brasil e da Europa, sem bem que percentualmente se espere as maiores subidas no Brasil e em África".

África, aliás, foi o único mercado em 2009 a registar crescimento (6,4 por cento), quando todos os outros caíram, com destaque para os 15,9 por cento dos Estados Unidos e os 16,9 por cento da Venezuela.