Luxemburgo, 25 jun (Lusa) -- A União Europeia impôs hoje um novo pacote de sanções à Síria, acrescentando empresas, administrações e uma pessoa à lista de congelamento de bens e proibição de viajar, e alargou o embargo de armas já em vigor.

Este 16.º pacote de sanções à Síria foi aprovado pelos ministros dos Negócios Estrangeiros dos 27, reunidos no Luxemburgo, segundo um comunicado.

Não foram divulgadas, até ao momento, as identidades dos visados pelas sanções.