Moscovo, 23 ago (Lusa) -- A Rússia acusou na quarta-feira as potências ocidentais de "instigarem abertamente" a oposição síria a pegar nas suas armas para derrubar o Presidente sírio, Bachar al-Assad.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros russo constatou em comunicado que o Ocidente "não fez nada" para exortar a oposição síria a iniciar um diálogo com o Governo.

"Pelo contrário, estão empenhados em instigar [a oposição síria] abertamente a continuar a sua luta armada", refere a nota, considerando que a abordagem ocidental é hipócrita e não está a contribuir para a resolução do conflito sírio.