Beirute, 21 jul (Lusa) -- As forças leais ao regime sírio reprimiram hoje um motim que durou quase um dia numa cadeia na cidade de Homs, no centro do país, tendo morrido dois prisioneiros, disse hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

O Observatório, citado pela agência noticiosa France Presse, não adiantou informações sobre as circunstâncias da morte dos prisioneiros.

Hadi Abdullah, ativista da organização, disse à agência noticiosa France Presse que os prisioneiros tinham assumido na sexta-feira, depois da deserção dos guardas prisionais, o controlo de uma das duas alas da prisão central de Homs.