Barreiro, 30 mai (Lusa) - Os municípios da península de Setúbal fecharam o ano de 2011 com dívidas de 17,8 milhões de euros à empresa multimunicipal Amarsul, responsável pela valorização e tratamento de resíduos sólidos.

No relatório e contas de 2011, a dívida global dos municípios passou a ser de 17,8 milhões de euros, quando em 2010 era de 10,6 milhões, e 16 milhões referem-se a uma verba já vencida.

O município que fechou o ano com o maior valor em dívida foi Setúbal, com 7,2 milhões de euros, seguindo-se Seixal (2,9 milhões), Barreiro (2,1 milhões), Sesimbra (1,8 milhões) e Palmela, com 1,5 milhões em dívida.