Porto, 07 set (Lusa) -- A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte anunciou hoje a demissão da diretora executiva do Agrupamento de Centros de Saúde Grande Porto 1 (Santo Tirso/Trofa) por ter "verificado inconformidades nos dados fornecidos" e "inexatidões profissionais".

Em comunicado enviado à Agência Lusa, a ARS Norte adianta que, "tendo-se verificado inconformidades nos dados fornecidos pela diretora executiva do ACES -- Grande Porto 1, (Santo Tirso/Trofa), deliberou, em 06 de setembro [quinta-feira], notificá-la da decisão da cessação das suas funções".

A decisão de demitir Custódia Manuela Vilela de Magalhães -- nomeada para o cargo em despacho do Diário da República datado de 08 de agosto deste ano -- fundamenta-se nas informações recebidas, na segunda-feira, "da parte da entidade patronal anterior, as quais evidenciam inexatidões profissionais consideradas relevantes e que acabaram por ser incluídas na proposta da sua nomeação".