Cerca de 95 por cento das lojas da cidade de Shenyang, capital da província de Lianing, estiveram fechadas, algumas delas durante cinco dias, fazendo com que em alguns distritos fosse impossível comprar "uma garrafa de água".

A imprensa e redes sociais publicaram imagens de lojas fechadas, situação rara na China, onde as lojas não encerram, por norma, nos dias festivos ou aos fins de semana.