De acordo com o diretor da equipa de investigação, Alain Bouillard, citado pela Agência EFE, foram identificadas falhas no medidor de velocidade, devido à acumulação de gelo.

No relatório, os investigadores apontam ainda "falha humana", devido à reação "inadequada" dos pilotos, face à identificação do problema no equipamento.