Madrid, 1 fev (Lusa) -- O procurador-geral de Estado espanhol afirmou hoje que considera haver "indícios e razões" para investigar os dados publicados esta semana pelo jornal El Pais sobre alegados pagamento à cúpula do Partido Popular.

Em entrevista à 13tv, Eduardo Torres-Dulce, referiu que a procuradoria tem meios para determinar se os documentos divulgados pelo El Pais são ou não falsos, afirmando que tudo será "investigado até ao final com imparcialidade e rigor".

Torres-Dulce afirmou que serão chamados a declarar "todos os que, do ponto de vista do Ministério Público, possam ter algo a dizer", incluindo o presidente do Governo, Mariano Rajoy, "se for considerado que o seu testemunho é necessário para esclarecer os factos".