A situação foi confirmada à Lusa, esta segunda-feira, pelo presidente do Instituto de Administração da Saúde e Assuntos Sociais, que garantiu que a rapariga "está internada no Hospital Central do Funchal, mas clinicamente bem".

Maurício Melim mencionou que a jovem chegou à Madeira na noite de sexta-feira e recorreu aos serviços de saúde no sábado, evidenciando "um padrão epidemiológico acentuado".

O responsável pela saúde no arquipélago adiantou que "foram cumpridos todos os procedimentos definidos" e, dado que a avaliação clínica e a análise de triagem "suscitaram dúvidas", os produtos biológicos foram enviados para o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, em Lisboa.

O instituto Ricardo Jorge confirmou hoje tratar-se de "um caso de infecção pelo vírus H1N1-2009", disse Maurício Melim.

"O quadro clínico da jovem tem vindo a evoluir favoravelmente, está bem e os contactos próximos estão a fazer quimioprofilaxia", adiantou.

Maurício Melim informou ainda que, até ao momento, foram avaliados 12 casos suspeitos de gripe A na Madeira e que dentro de dez dias o laboratório do Hospital Central do Funchal estará em condições para "fazer todo o processo de diagnóstico", deixando de ser necessário enviar o material para Lisboa.

Hoje à noite regressa à Madeira a comitiva de atletas madeirenses que participaram num torneio internacional de andebol em Terano, Itália, o qual a delegação de Chipre teve de abandonar depois de uma dezena de elementos ter evidenciado sintomas da doença.