Na semana passada, a Gap avançou com uma nova imagem: letras redondas, pretas sobre um fundo branco. Do fundo azul clássico sobrou apenas um pequeno quadrado em tons de azul. A resposta dos admiradores da marca norte-americana não se fez esperar e a pressão foi de tal forma que, uma semana depois, a empresa repunha a imagem antiga.

"É pouco sofisticado", "É horrível","Odeio-o", "Voltem já ao antigo", "Não vou comprar mais nada" foram apenas alguns dos mais de mil comentários deixados no Facebook, onde a Gap conta com mais de 725 mil fãs. A mesma campanha de protesto invadiu o Twitter.

Na terça-feira passada, a presidente da empresa, Marka Hansen, anunciou, em comunicado: "Aprendemos muito com este processo. E agora percebemos que não fizemos as coisas corretamente. Admitimos que perdemos a oportunidade de colaborar com a comunidade online."