A reportagem "A luta para salvar Safira", publicada na Visão em outubro de 2011, assinada pela jornalista Patrícia Fonseca com fotografias de Marcos Borga, foi ontem distinguida com o 1º Prémio de Jornalismo Novartis Oncology, na categoria de Imprensa, numa cerimónia na Fundação Champalimaud.

O júri entendeu ser este o trabalho que mais respeitava os objetivos que levaram à criação do Prémio: estimular as iniciativas jornalísticas que mais contribuem para uma melhor informação à população, quer sobre as temáticas relacionadas com o cancro, quer sobre as terapêuticas capazes de prolongar e melhorar a qualidade de vida dos doentes oncológicos.

A Grande Reportagem Safira, emitida na Sic e assinada pelo jornalista Pedro Coelho (em coautoria com Patrícia Fonseca/Visão), mereceu também uma menção honrosa na categoria de Televisão.

O 1º Prémio na categoria de Televisão foi atribuído à jornalista da RTP Mafalda Gameiro, pela reportagem "O Mal da Mina". Foram ainda premiadas com uma menção honrosa as reportagens "Os mitos dos alimentos contra o cancro", do jornalista Luis Silvestre, da Sábado, e "A Poção Mágica", da jornalista Cristina Lai Men, da TSF.

RECORDE O CASO