A VISÃO, a Exame e EDP entregaram, esta quinta-feira, o Prémio Inovação EDP/Richard Branson. Numa cerimónia que decorreu no Museu da Eléctricidade, em Lisboa, Pedro Balas, Inês Sampaio, Tiago Rodrigues, Miguel Caetano, Diogo Cruz e António Matos (todos estudantes com idades entre os 20 e os 21 anos) receberam um cheque de 50 mil euros, depois de Sir Richard Branson ter eleito o projecto Emove Corporation. 

Este grupo de jovens idealizou um gerador portátil, capaz de transformar a energia do movimento em electricidade. Decidiram, depois, adaptar o projecto a outra escala, e surgiu a ideia de uma estação de captação da energia das ondas do mar, composta por cinco esferas com três metros de diâmetro, ligadas entre si e a terra por cabos energéticos. Um conceito que convenceu Richard Branson, o patrono do prémio.