A equipa lusa diantou-se no marcador quando Marcos Freitas derrotou Paul Drinkhall por 3-1 (13-15, 11-6, 11-7 e 11-8), tendo João Pedro Monteiro vencido o segundo embate de singulares também por 3-1 (9-11, 11-5, 11-8 e 11-8).

No decisivo embate de pares, a dupla lusa formada por Tiago Apolónia e João Pedro Monteiro derrotou o par inglês constituído por Liam Pitchford e Andrew Baggaley por 3-0 (11-5, 11-7 e 11-9).