Gaia, 22 jun (Lusa) -- O ex-vice-presidente de Câmara de Gaia Marco António Costa defendeu hoje a importância de um "estreitamento de cooperação" entre Gaia e o Porto que poderá levar a uma fusão "se assim um dia o entenderem" as populações.

"Acho que ninguém de bom senso deixa de considerar importante um estreitamento de cooperação entre as cidades e quando um dia as populações entenderem, se assim um dia o entenderem, haver mudanças a outros níveis", referiu à Lusa o secretário de Estado da Segurança Social sobre a hipótese de fusão defendida por Menezes.

Para o também putativo candidato à sucessão de Luís Filipe Menezes em Gaia, "hoje em dia, Porto e Gaia têm uma proximidade muito forte em termos urbanos" sendo o rio "uma barreira natural que não deve dividir mas aproximar as cidades" e "potenciar esta região".