LEIA TAMBÉM:

Sublinhando que não se trata de uma "re-investigação", a polícia britânica confirma que está a "avaliar a relevância e credibilidade" de informações que recebeu recentemente sobre a morte da princesa Diana e de Dodi Al Fayed, a 31 de agosto de 1997.

O inquérito concluído em 2008 concluiu que ambos tinham morrido devido a uma "negligência grosseira" do motorista.

Em comunicado, a polícia adianta que a avaliação da nova informação vai ser levada a cabo por agentes dos comandos especializados em crime e operações especiais.

Segundo os media britânicos, a teoria que está a ser investigada é a mesma defendida na altura pelo pai de Dodi Al Fayed, de que os dois teriam sido assassinados.

Diana e Al Fayed morreram quando o carro em seguiam embateu num pilar do túnel de Paris Pont de l'Alma.