AKVAVIT
Petiscos de 'chorar por mais' a €5

Da ementa variada deste clássico da marina de Vilamoura, cujo nome significa "água da vida" em sueco, destaca-se o Prato Royal (€19). São sete porções de especialidades escandinavas e pão knäc: camarão com aneto, camarão ao natural com molho cocktail, salmão marinado com molho mostarda, salmão fumado e três tipos de arenque (com mostarda, ao natural e com caril). O segredo está em que a dose é suficiente para dividir por quatro pessoas, o que dá menos de €5 por cabeça, possibilitando um pequeno luxo uma flute de champanhe (€6,50). Outra opção é o shot Akvavit (€4,3 cl), que limpa o palato entre as várias iguarias.
Marina de Vilamoura.
T. 289 380 712


ROSA-DOS-VENTOS COMVIDA
Petiscos de 'chorar por mais' a €5

Casados de fresco, Ricardo Cotta e Bárbara Chaves, 34 e 29 anos, deixaram para trás a vida de técnico eletromecânico e de assistente social e arrendaram o bar onde já tinham trabalhado, em Sagres. As obras de remodelação apagaram os vestígios do estilo motard e deram uma alma nova ao estabelecimento, com uma esplanada virada para o Atlântico. A happy hour, das quatro às sete da tarde, é deveras apelativa: o jarro de sangria, habitualmente a €10, passa a custar €6; o balde de cinco minis vem acompanhado por 100 gramas de camarão cozido (€5). É de continuar e degustar bolinhas de alheira (€3), camarão com alho e pesto caseiro (€5,50), amêijoas à Bulhão Pato (€7), choquinhos fritos à algarvia (€6), mexilhão gratinado (€5) ou bifes, tostas e sanduíches. Na cozinha, a funcionar até à meia-noite, a experiência do chef Alexandre Rebocho (do Hotel Martinhal), aos almoços, é conjugada com a sabedoria da cozinheira alentejana Antónia Almeida, aos jantares.
Pç. da República, Sagres.
T. 282 624 694



ADEGA AMÁVEL
Petiscos de 'chorar por mais' a €5

Agosto, na Adega Amável, em Faro, é sinónimo orgulhoso de "época baixa". Até o horário encolhe só funciona das oito da manhã às três da tarde.
É nas imediações do Forum Algarve que se descobre esta catedral do vinho e do petisco, com João Domingos, 48 anos, aos comandos. Esteve emigrado durante 20 anos, nos EUA. Em 2003, voltou à terra natal, para reabrir a taberna que, em 1956, só vendia vinho a granel. Agora há petiscos a €0,70 (uma patanisca), a €2,10 (sandes de carne assada ou de presunto) ou a €9 (chouriço assado). Quanto a pratos (só por encomenda, de véspera), serve galos caseiros para cabidela de arroz, de batata ou de grão, açorda de galinha, coelho frito, ou javali, a €15, mas já incluindo pão, azeitonas, vinho, doce e café. Perto das seis da tarde, começam a chegar os habituées. São 18 lugares, divididos por seis mesas com tampos de madeira, assentes em pipas de vinho. Do teto, caem três candeeiros de ferro forjado, com cachos de uvas e parras. Fados antigos criam o ambiente de uma verdadeira taberna, onde os petiscos podem ser acompanhados por copos de vinho pequenos, a €0,60, ou grandes, a €0,90.
Estr. de Nossa Sr.ª da Saúde, 92, Faro.
T. 289 822 368; 91 473 6682



A TASKA
Petiscos de 'chorar por mais' a €5

Também em Faro, com as igrejas do Carmo e de S. Pedro como vizinhas, A Taska oferece uma cozinha familiar com os melhores e mais típicos petiscos locais: gaspacho (€2), biqueirões em vinagre ou anchovados (€3,50), estupeta de atum (€3,50), muxama de atum (€4), carapaus alimados (€4), conquilha ou gamba (€9), ou xarém com conquilhas (€9).
Os pratos do dia variam entre €5 e €6,50.
R. do Alportel, 38, Faro.
T. 289 824 739



A CASA...
Petiscos de 'chorar por mais' a €5

Santa Luzia, em Tavira, foi consagrada como Capital do Polvo. À mesa d'A Casa, percebe-se que não é um clichê. A ementa oferece um conceito ideal para petiscar com meias doses na porção certa, como são os casos do rissol de polvo com salada russa (€4), ou das pataniscas de polvo com arroz de feijão (€4). Este projeto tem a assinatura de Vítor Vicente, 59 anos, algarvio de gema, engenheiro mecânico a dar aulas de Matemática no 2.º Ciclo, em Tavira. Além d'A Casa., inaugurou, este verão, o Polvo & Companhia, na mesma rua, em frente do cais de embarque. Mas a aplicação, para iPhone e Android, através da qual é possível consultar o menu antes da chegada, ainda só funciona n'A Casa....
É escolher: polvo à Brás, arroz de polvo, caril de polvo com gambas, polvo à lagareiro com pimentos, polvo com couve no forno, ou polvo abafado.
Av. Eng.º Duarte Pacheco, 10, Santa Luzia.
T. 96 508 4207





DIZ QUEM LÁ MORA... Outras sugestões, também em conta e apetitosas

Tasca do Petrol
Estr. de Marmelete, Monchique
T. 282 955 117

O Beiral Pizzas
R. Guerreiro Tello, 40, Barão de S. João (Lagos)
T. 282 688 004

Retiro do Pescador
Vale da Silvas, Sagres
T. 282 624 438

Os Lambertos
Lg. da Assembleia Municipal, Lagos
T. 282 085 953

Adega da Marina
Av. dos Descobrimentos, 35, Lagos
T. 282 764 284

Pastelaria Taquelim Gonçalves

R. Portas Portugal, 27/31, Lagos
T. 282 762 882

A Oficina
Bairro das Areias, Mexilhoeira Grande (Portimão)
T. 282 968 433

Casa Chico Zé
EN 125, Sítio da Torre, Odiáxere
T. 282 798 205

Dona Barca

Lg. da Barca, 22, Portimão
T. 282 484 189

A Nossa Tasca
Sítio dos Palheiros, Estr. de Monchique, Portimão
T. 282 491 675

Ramires
R. 25 de Abril, 14, Guia
T. 289 561 232

O Pinhal do António
Roja-Pé, Estr. das Açoteias, Albufeira
T. 289 501 129

Pregus
EN 125, Quatro Estradas, Quarteira
T. 289 358 859

Adega Nunes

Machados, S. Brás de Alportel
T. 289 842 506

Tasca Rasca

Lg. Pé da Cruz, 4, Faro
T. 289 053 950

Casa de Pasto Algarve
Pç. Patrão Joaquim Lopes, junto ao mercado de Olhão
T. 289 702 470

O Ciclista
R. João Vaz Corte-Real, Tavira
T. 281 352 246

Guerreiros
R. António Pinheiro, Lt. 83, Tavira
T. 281 326 423

O Pedro
R. Capitão Baptista Marçal, 51, Cabanas de Tavira
T. 281 370 425

Casa de Pasto Fernanda

Corte António Martins, Vila Nova de Cacela
T. 281 951 770

Manel d'Água
R. Mouro Vaz, Castro Marim
T. 281 531 480

Arcos do Guadiana
Foz de Odeleite
T. 281 495 717

Alcatiã
R. de Timor, 1, Mercado Municipal de Alcoutim
T. 281 546 606

Clique para conhecer as outras pechinchas que escolhemos: