Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Sócrates e outras cenas

    Se pensarmos em processos como os "ballet rose", em pleno salazarismo, devemos reconhecer que o nosso regime democrático respira saúde: ao contrário de outros regimes - e de outros tempos - é hoje possível que um caso como este vá a julgamento. Independentemente do resultado, isso faz toda diferença.

  • Submarinos: Tudo o que disse Paulo Portas ao Ministério Público

    Ex-ministro da Defesa evocou por várias vezes falhas de memória. Disse que se tivesse tido a intenção de beneficiar algum consórcio não teria feito “um leilão” nem uma "segunda volta", disse não se recordar de ter sido alertado para o aumento do spread na proposta do consórcio que o BES integrava nem de, em sequêncio, ter tido contactos de emergência com responsáveis daquele banco. E sobre as conversas enigmáticas ao telefone com o ex-dirigente do CDS Abel Pinheiro limitou-se a remeter para a decisão do tribunal no processo Portucale: todos absolvidos.