Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

  • O dia 15 de Julho de 2017 marca o primeiro aniversário da tentativa de golpe frustrada na Turquia. Há precisamente um ano, numa noite de sexta-feira, oficiais do exército desleais que pertenciam à Organização Terrorista Gulenista (FETÖ) pretenderam levar a cabo um golpe sangrento na Turquia que ceifou a vida a 249 pessoas e feriu mais de 2000.

  • A mega purga de Erdogan

    Só raramente se viu, na história contemporânea, uma vaga repressiva com a dimensão daquela que o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, está a levar a cabo, na sequência do falhado golpe de Estado militar do passado dia 15. Confira os últimos e impressionantes números da purga em curso

  • Erdogan responde ao golpe com purga gigante

    O Presidente turco já admitiu reintroduzir a pena de morte para punir os golpistas e as forças de segurança turcas já detiveram 103 generais e almirantes. Além disso, há já 6 mil militares detidos, 3 mil mandatos de detenção para juízes e procuradores e cerca 9 mil pessoas despedidas