Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

  • O que esperar do Ano do Cão?

    Na China, o novo lunar iniciado esta sexta-feira, dia 16 de fevereiro, é celebrado durante três dias. Há quem nele veja uma oportunidade para fazer mudanças e consolidar projetos. De evitar, para não trazer infortúnio, é lavar ou cortar o cabelo, contrair dívidas ou empréstimos e fazer limpezas

  • Saiba porque fugiu para a Austrália o casal português condenado em Timor-Leste

    Sentenciados a oito anos de prisão, cada um, por "peculato", Tiago e Fong Fong Guerra invocam motivos de saúde e necessidade de tratamentos médicos que não obtêm em Díli. Com a fuga, por barco, para Darwin, forçam uma negociação política do seu caso - pretendem regressar a Lisboa e que o recurso que interpuseram seja apreciado por tribunais portugueses. Os contactos são intensos e até já envolvem Marcelo Rebelo de Sousa

  • Cabrita, o ministro que sabe falar chinês

    Eduardo Cabrita é o novo ministro da Administração Interna. Substitui Constança Urbano de Sousa numa pasta governamental que já foi tutelada por António Costa e que está sob os holofotes... pelas piores razões

  • Querida Macau...

    ...acordaste cheia de coragem. Magoada, destruída, de luto. Acordaste imunda, mas pronta para te mergulhares nas águas mais transparentes de mundo. Pronta para abandonar o velho, o estragado e plantares a semente. Uma nova semente.

  • Em Macau, cativos de um Oriente mágico

    O Teatro Meridional continua a sua viagem pelo mundo da lusofonia e põe em palco a nossa estranheza e fascínio pelo território chinês que nunca chegou verdadeiramente a ser nosso. Contos em Viagem: Macau estreia esta quarta-feira, 12, em Lisboa

  • Cheira a Macau

    MACAU É um amor que não é à primeira vista. Nem à segunda. É um amor intenso, que se vai penetrando na pele, entre a humidade e o cheiro a esta terra

  • O mistério chinês da Fundação Mário Soares

    Um multimilionário chinês foi detido nos EUA, acusado de branqueamento de capitais e de corromper um ex-presidente da Assembleia Geral da ONU. Chama-se Lap Seng, tem passaporte português e está ligado à Fundação Mário Soares, onde garantem não saber de quem se trata e como foi lá parar. E se puxarmos as pontas soltas de Macau?