Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Como se dão o Paulo Portas-executivo e o Paulo Portas-político?

    A 11 de julho, o atual "vice" da câmara de comércio esteve em Rabat, como orador convidado numa conferência de um "think tank" financiado pela maior multinacional marroquina. Seis dias depois, recebeu o PR, Marcelo Rebelo de Sousa, na sede da filial mexicana da Mota-Engil, de cujo Conselho Internacional é presidente. Será que o conferencista político e o executivo de negócios se conjugam nas mesmas ocasiões? "Tento separar os chapéus", responde Portas à VISÃO

  • Migrações e interrogações

    A chegada em números nunca vistos e de modo caótico de milhares de imigrantes indocumentados requer uma resposta adequada. Ora, as instituições europeias e os estados-membros não têm conseguido encontrar uma solução para este desafio excecional

  • Au revoir, Bruxelles

    Artigo de despedida de Tiago Antunes, novo secretário de Estado da Presidência de Conselho de Ministros, que, ao assumir estas novas funções, deixa de escrever na rubrica Nós Lá Fora da VISÃO

  • Pedrógão Grande na sala de crise de Bruxelas

    A União Europeia tem um centro de emergência para dar resposta a catástrofes naturais. Portugal pediu ajuda para “atacar” o maior incêndio nacional desde que há registos e pior dos últimos dez anos na Europa

  • Gonçalo Ribeiro Telles: Esta entrevista tem 14 anos mas podia ter sido dada hoje

    Nos primeiros 15 dias de agosto de 2003 arderam cerca de 300 mil hectares no nosso País. Passaram 14 anos e continuamos a falar do mesmo. Por isso esta entrevista que, na altura, a VISÃO fez a Gonçalo Ribeiro Telles, não perdeu um pingo de atualidade. Vale a pena voltar a ler as suas palavras e perceber como nada aprendemos com a História, continuando ano após ano na permissividade da celebração do eucaliptal

  • Checo como língua materna

    SÃO PETERSBURGO, RÚSSIA: Professores de cultura e língua checa, dessa mesma nacionalidade, foram dispensados por uma universidade pública russa, preteridos em favor de professores russos. Na avaliação a que foram sujeitos, um dos critérios que pesou em seu desfavor era o facto de estes falarem muito checo….nas aulas de checo

  • Marcelo junta a sua voz às críticas a Trump

    O Presidente da República defendeu, nos Açores, que a Europa deve unir-se perante o anúncio de que os EUA vão abandonar os acordos de Paris e acredita que as alterações climáticas vão impor-se ao Presidente americano