Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Imaginação sem limites

Viajar com o Chef Kiko

Kiko Martins

Em todos os recantos do México, encontra burritos, tostados, tacos e quesadillas. Estas têm um toque português. A crónica de Kiko Martins na VISÃO

Daniel Guerra

“Toda la comida sabe mejor dentro de una tortilla”, dizem os mexicanos, que comem tortilhas de todas as formas possíveis e imaginárias! De milho ou de trigo, são companhia obrigatória do tradicional e exquisite guacamole. É possível encontrar burritos, tostados, tacos e quesadillas em qualquer canto do território mexicano. Espero que estas, com um toque português, lhe saibam muito bem. Andalé!

Quesadillas

Ingredientes
Para 4 pessoas

Quesadillas:
8 tortilhas
300 g de queijo da ilha ralado
100 g de tomate seco picado
1 colher de chá de cominhos em pó
1/2 malagueta vermelha picada (de preferência Jalapeño)
Orégãos q.b.

Salada:
2 colheres de sopa de azeite
300 g de milho cozido
1 pimento vermelho picado
1/2 cebola roxa picada
Coentros q.b.
2 limas
Flor de sal q.b.

Preparação
Comece pelas tortilhas, misturando numa taça o queijo, o tomate seco, os cominhos, a malagueta e os orégãos.
Cubra uma tortilha com essa mistura e coloque outra tortilha por cima. Leve ao lume numa frigideira.
Tape a frigideira e deixe o queijo derreter e a tortilha tostar.
Para a salada, misture todos os ingredientes e tempere com sumo de lima e flor de sal a gosto.

ASSINE AQUI A VISÃO E RECEBA UM SACO DE OFERTA

Kiko Martins

Kiko Martins

Nascido no Rio de Janeiro, em 1979, Kiko Martins – que prefere ser tratado por Chef Kiko – licenciou-se em Gestão, mas rapidamente percebeu que o seu futuro passava pela cozinha. Em Paris, ingressou na escola Le Cordon Bleu, tendo depois passado por restaurantes como Ledoyen, AM Le Bistro, The Fat Duck e Eleven. Tornou-se conhecido do grande público por causa de uma viagem: uma volta ao mundo realizada em 2010 na qual visitou 26 países. De então para cá, abriu cinco restaurantes em Lisboa (O Talho, A Cevicheria, O Asiático, O Surf & Turf e O Poke), tornando-se, aos 39 anos, numa das caras da nova cozinha portuguesa.