Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Boaventura Sousa Santos

    Boaventura de Sousa Santos

    Não há escolhas ideais

    A esquerda à esquerda do PS é a única que se opõe inequivocamente à austeridade, mas é confrangedor vê-la dividir-se ainda mais quando nunca houve tantas razões para se unir

  • Boaventura Sousa Santos

    Boaventura de Sousa Santos

    O contrassenso comum

    As privatizações podem ou não gerar eficiência. Quase sempre se traduzem em aumentos de tarifas; e as de serviços essenciais traduzem-se na exclusão social dos cidadãos que não podem pagar os serviços

  • Boaventura Sousa Santos

    Boaventura de Sousa Santos

    Os contextos da esquerda

    Em Portugal, o PS pode ganhar as próximas eleições. E ao contrário do que acontece na Grécia e na Espanha, a esquerda não pode prescindir do PS nem o PS pode prescindir da esquerda

  • Boaventura Sousa Santos

    Boaventura de Sousa Santos

    A segunda libertação

    A Grécia deu um primeiro sinal de que não quer ser parte de uma Europa refém da guerra fria. Até quando pode a UE ser lobo em Atenas e cordeiro em Washington?

  • Boaventura Sousa Santos

    Boaventura de Sousa Santos

    A parceria fatal

    Transformar os sinais óbvios de declínio em previsões de agressão visa justificar a guerra como defesa. Ora a guerra é altamente lucrativa, devido à superioridade dos EUA na sua condução

  • Boaventura Sousa Santos

    Boaventura Sousa Santos

    A III Guerra Mundial

    O Parlamento Europeu segue nas suas rotinas enquanto a Europa está a ser preparada para ser o próximo teatro de guerra e a Ucrânia a próxima Líbia