Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Filipa Namora

Filipa Namora

ARQUITETURA E INTERIORES

É verão! Vista a sua casa com as novas tendências

Bolsa de Especialistas

Filipa Namora

O verão traz-nos calor, energia e boa disposição. Para além de apelar a roupas leves e frescas, esta estação convida-nos a procurar e usar tendências refrescantes. Hoje vamos dar algumas dicas de decoração e de estilo para a sua casa de verão

  1. Cores de Verão

Os tons pasteis são perfeitos para diferentes combinações e resultam em ambientes leves, o que torna o espaço mais amplo e iluminado. Se há época do ano que nos impele a usar tonalidades coloridas, é o Verão, que pede cores claras e alegres. Ainda que o branco e o bege sejam tonalidades seguras, o uso dos tons azul, verde menta, amarelo mostarda, lilás e rosa atraem boas energias. Aposte nestas cores em vários elementos, como abajures, móveis, cadeiras, almofadas, quadros (...) eventualmente uma parede nestes tons também reforça o clima da estação.

Use e abuse de plantas

As plantas representam uma forma fácil de conferir frescura e encanto aos ambientes. Aproximam-nos da natureza e conferem sensações de harmonia, equilíbrio e bem-estar. Catos e palmeiras são uma excelente opção, pois, para além de atribuírem um carácter luxuoso, não carecem de grande manutenção.

As plantas cítricas apresentam-se também como uma excelente alternativa. Perfumam o espaço e tornam-no refrescante.

Use folhagens e flores em coloridos jarros e distribua sobre mesas de apoio, móveis ou aparadores.

Use folhagens e flores em coloridos jarros e distribua sobre mesas de apoio, móveis ou aparadores.

Estilos

O Estilo boémio é atualmente um dos mais inspiradores e seguidos. Aqui conjugam-se muitas madeiras, tapetes persas, mantas coloridas e mobiliário leve. Velas, espelhos com molduras assumidas e pequenos acessórios decorativos completam este cenário e conferem personalidade.

Para aqueles que possuem mobiliário antigo esta é a época ideal para os usar. Móveis, banquetas, mesas de apoio e camas em madeira são peças que contam histórias, carregadas de lembranças, o que atribui ao espaço um ar quente, confortável e simbólico, capazes de nos transportar para outros culturas e cheiros. No fundo, corresponde a um estilo despojado de regras e relaxante. Abrace objetos como malas antigas, tecidos com padrões orientais e transforme a sua casa.

Iluminação

Cada vez é mais fácil encontramos candeeiros em palhinha. Eles são leves, acessíveis e diferentes. As suas características artesanais preenchem tetos e mesas e fogem aos alumínios dourados ou prateados, que podem ser demasiados fortes para este estilo.

No entanto, lembram-se daqueles lustres antigos que viam na casa da sua avó? Não é que eles estão de volta e cheios de força?

Acessórios decorativos

Esta é a parte final e das mais importantes. É altura de dar o toque final! Cestos, para além de decorarem, na verdade são bastante úteis e existem nas mais variadas formas e cores. Aposte em baús, poufs e almofadas. Mesmo que sejam na mesma cor são sempre sinal de conforto. Grandes mesas de apoio para pousar livros, bandejas e velas apelam, também, a ambientes familiares e quentes.

ASSINE POR UM ANO A VISÃO, VISÃO JÚNIOR, JL, EXAME OU EXAME INFORMÁTICA E OFERECEMOS-LHE 6 MESES GRÁTIS, NA VERSÃO IMPRESSA E/OU DIGITAL. Saiba mais aqui.

Filipa Namora

Filipa Namora

ARQUITETURA E INTERIORES

Natural do Porto, Filipa Namora (1986) é mestre em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto. Divide a sua atividade profissional entre a arquitetura e, sobretudo, design de interiores. Neste âmbito, tem desenvolvido diversos projetos em várias cidades do país, incluindo espaços de hotelaria (de um hotel centenário em São Pedro do Sul a alojamentos locais de gama média-alta no Porto), bares, restaurantes e várias moradias de luxo. Em cada projeto aposta na autenticidade do espaço e tenta criar uma atmosfera de charme, requinte e conforto. Odeias clichês e não dispensa um bom copo de vinho.