Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Férias: Expectativa vs realidade

A esperança de ter um verão perfeito nunca morre na mente de um adolescente. E ainda bem. Mas há tanta coisa que pode não correr bem. Ora veja

Todos sabemos que nem sempre o verão consegue atingir as altas expectativas que vamos criando enquanto esperamos pelo seu regresso, mas é sempre bom sonhar e a esperança da estação perfeita existe sempre. Aqui vão algumas das situações que, como todos sabemos e alguns já passaram por isso, podem-nos desapontar durante esta época:

EXAMES

A expectativa - Vais passar a tudo com boa nota e começar as férias no inicio de Julho.

A realidade - Não existe nada mais real do que recursos e segundas fases e não vai ser em julho que vais começar as tuas férias de sonho.

TRABALHO DE VERÃO

A expectativa - A primeira coisa que vamos fazer quando o verão começar, é arranjar um trabalho. Para conseguirmos realizar o nosso verão de sonho, é preciso ter a carteira cheia.

A realidade - Encontrar um sítio de jeito para trabalhar é quase impossível e para além de receberes pouco, já não vais ter tempo para gastar o que recebeste.

BRONZE

A expectativa - Vais deitar-te à beira da piscina e voltas para casa com um brilho magnifico a revestir-te a pele digno de inveja de todas as amigas.

A realidade - Tudo corre bem, até aquele dia em que te esqueces do protetor solar e fritas mais do que nugget do mac. Depois passas o resto do teu verão a servir de entretenimento aos teus amigos psicopatas que gostam de arrancar as peles dos escaldões.

FÉRIAS COM A FAMÍLIA

A expectativa - Finalmente vamos ser como as famílias das revistas, sentadas à volta de um cesto de piquenique, com grandes sorrisos na bela praia e na bela piscina.

A realidade - Estão-me a sufocar! Não aguento mais estas horas todas com eles. Preciso de espaço!

FÉRIAS COM OS AMIGOS

A expectativa - Irmos uma semana para uma casa em Vilamoura com os nossos melhoras amigos e partilhar uns dias de diversão máxima, com noites longas e dias deitados a apanhar sol, na praia ou na piscina.

A realidade - Ninguém tem dinheiro e conseguir encontrar uns dias em que todos estejam livres revela-se impossível. Com sorte passamos um fim de semana na Ericeira a acampar... Com insetos, com formigas... e outros bichos.

ROMANCE DE VERÃO

A expectativa - Encontrares o teu amor verdadeiro por entre areias voadoras. Nunca ninguém te fez rir tanto, sentes a cabeça à roda e borboletas no estômago.

A realidade - A areia cegou-te e o resto era só o efeito do álcool. Quando o frio chega é como um balde de água fria e não esperas nem mais um segundo para terminar com tudo.

O CALOR!

A expectativa - Finalmente, não tens que andar carregado com casacos, o calor é uma carícia quente na tua pele que não podia saber melhor, depois do frio cortante das estações anteriores.

A realidade - As chamas do inferno desceram à terra e o teu suor enchia uma piscina.

Depois disto tudo, resta-me ainda poder sonhar durante o verão, sonhar com o Inverno, por exemplo....
Anseio por esse tempo de frio e pelo tempo das aulas, que é quando realmente tenho o Verão que quero, na minha imaginação, enquanto espero ansiosamente pelo seu regresso. Porque essa é a magia do sonho. O meu próximo Verão, independentemente de nem tudo ter corrido como planeado, vai ser o melhor de sempre, com tudo o que eu sonhei

Benedita Mendonça

Benedita Mendonça

ADOLESCÊNCIA

O meu nome é Benedita Mendonça e tenho 18 anos. Frequento o 12º Ano no curso de Humanidades. Já fui jogadora de ténis...agora sou só preguiçosa. Sofro de um vício incurável por Coca-Cola, o que provavelmente me ajuda a perder horas de sono a ler ou a escrever. Dá-me jeito tornar essas horas em algo mais do que perdidas e é por isso que quero partilhar toda a vasta experiência que esta minha idade me oferece sobre a adolescência.