Seis anos depois do seu encerramento e após obras de qualificação e beneficiação, o Museu Municipal de Portalegre abriu portas no Dia da Cidade (23 de maio).

Instalado numa casa nobre do século XVI, junto à Sé Catedral, e com uma área superior a 4 mil metros quadrados, o seu espólio é proveniente, na sua quase totalidade, dos antigos Conventos portalegrenses de Santa Clara e São Bernardo e de doações de particulares.

Das coleções expostas, a mais significativa é a de Arte Sacra, que inclui peças em terracota e marfim. Também importante é a coleção de faiança portuguesa (século XVII ao século XX), onde se destacam as peças de louça azul e branca utilizadas para ornamentação no Oriente e os pratos ratinhos, expressão usada para designar as gentes que se deslocavam das Beiras para o Alentejo na época das ceifas.

O mobiliário, estilo D. João V e D. José, e as coleções temáticas uma de Santo António com mais de 700 peças e outra de caixas de rapé em prata e outros materiais, completam a parte expositiva do museu, que conta ainda com uma loja e cafetaria.

Para melhor compreender a riqueza deste espólio, o agora designado Espaço Cultural Museu Municipal de Portalegre tem visitas guiadas individuais e em grupo, e um serviço de educação destinado às visitas de grupos escolares.

ESPAÇO CULTURAL MUSEU MUNICIPAL DE PORTALEGRE
R. José Maria da Rosa, Portalegre
Ter-Dom 9h30-13h, 14h30-18h.
€2,10