Segundo o Diário Económico desta quarta-feira, a fatura da eletricidade e do gás natural está prestes a sofrer um novo aumento, desta vez por conta da cobrança de um custo que era suportado pela Direcção- Geral de Geologia e Energia (DGEG) e que diz respeito à supervisão, acompanhamento e fiscalização das concessões" de electricidade e gás natural.

A proposta legislativa do Governo deverá estar concluída até ao final deste mês, quando volta a Portugal a equipa da troika para a quinta revisão do memorando de entendimento.