Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Campeões !!

    João Pita Costa

    LJUBLJANA, ESLOVÉNIA - É um orgulho fazer parte desta nação que luta até ao fim e apoia os seus até ao último minuto

  • O charme de ter vida à frente

    Vasco Pinhol

    AALESUND, NORUEGA - A dada altura aparece na linha um bacalhau do tamanho de um cão, com uns doze quilos. O pescador sorri abertamente, corta-lhe as goelas e cai-lhe aos pés um jorro de encarnado absoluto – até na morte a vida é mais bonita

  • A caixa da nostalgia

    Filipa Araújo

    MACAU - Fui-me habituando ao adeus. Habituei-me e mentalizei-me que tudo é passageiro

  • “Hiroshima, pela paz no mundo”

    Catarina Oliveira da Costa

    27 de janeiro de 2018. O termómetro marca -2º C e está um frio de rachar. Depois de 6 horas de estrada, umas quantas por entre uma tempestade de neve, chegamos a Hiroshima, a cidade da Paz. Tóquio, Quioto, Osaka, Kobe, Nara, são todas cidades encantadoras que já tive o privilégio de visitar mais do que uma vez e que merecem destaque mas Hiroshima… Hiroshima é especial. É a primeira cidade japonesa que me faz sentir o dever de a glorificar. Foi a primeira cidade do mundo a sofrer um ataque nuclear, a 6 de agosto de 1945.

  • Papa Francisco

    Inês Batalha Mendes

    SANTIAGO, CHILE - O mais interessante na vista do Papa ao Chile não é a visita em si, mas as várias leituras que dela se podem fazer.

  • Gosto tanto de grão-de-bico, mãe-grande!

    Mariana Palavra

    NAGOYA, JAPÃO - As histórias perdidas dos rapazes da minha rua que, na verdade, são uns rapazões que lavam carros, controlam estacionamentos, engraxam sapatos, fazem quase tudo para ganhar uns trocos e sobreviver na marginal de Luanda.

  • Broadway mais um centro de NYC!

    Nuno Guerreiro

    NOVA IORQUE, EUA - Obrigado, Nova Iorque e a todos os artistas que cá estão. Que benção, ter acesso a esta diversidade cultural única!

  • As pioneiras

    Sofia Silva Eastmond

    NOVA ZELÂNDIA - A intenção deste texto não é a crítica ou a divisão, mas sim a partilha de uma visão para um futuro mais inspirador, mais unido e mais libertador para todos

  • Os dias em Portugal...

    Filipa Araújo

    MACAU - Todo o emigrante devia ter o direito de ir a Portugal, pelo menos, 15 dias por ano sem que lhe fossem descontados dias de férias