O Inter de Milão, orientado pelo treinador português José Mourinho, qualificou-se hoje para os quartos de final da Liga dos Campeões, ao vencer por 1-0 no reduto do "seu" Chelsea, na segunda "mão" dos "oitavos".

Um golo do camaronês Samuel Eto'o, aos 78 minutos, após passe magnífico do holandês Wesley Sneijder, autor de exibição sensacional, valeu um merecido triunfo aos transalpinos, que já haviam ganho em casa (2-1).

O técnico luso voltou, assim, a ser feliz em Stamford Bridge, onde, ao comando do Chelsea (2004/2008), apenas havia perdido uma vez, em 92 jogos (69 vitórias e 22 empates): 1-2 com o FC Barcelona, na primeira "mão" dos oitavos de final da "Champions", a 22 de fevereiro de 2006.

Melhor equipa

O treinador português José Mourinho qualificou hoje de "quase perfeita" a exibição no reduto do Chelsea, que valeu ao Inter a vitória (1-0) e a qualificação para os quartos de final da Liga dos Campeões em futebol.

"Foi uma exibição quase perfeita, incrível. Hoje fiquei com a certeza de que somos capazes de ganhar a qualquer equipa, porque o Chelsea é uma das melhores. Mas restam oito boas equipas, com as quais também podemos perder", observou José Mourinho.

O técnico português considerou que o campeão italiano "foi de longe a melhor equipa, superior em todos os domínios", destacando "o incrível início da segunda parte", apesar de o Inter de Milão apenas ter marcado aos 78 minutos, por intermédio do avançado camaronês Samuel Eto'o.

Veja o vídeo da SIC