O diário The New York Post reporta que os acontecimento tiveram lugar no passado dia 4 de dezembro, e que chegaram agora às páginas dos jornais depois de a família do menor, referido como hispânico, ter pedido uma indemnização de 250 milhões de dólares (184 milhões de dólares) contra a cidade e a polícia de Nova Iorque pela reação "exagerada".

O menino, designado por Wilson Reyes, foi detido depois de discutir com outro colega no pátio da escola, que o acusou de ter roubado cinco dólares que caíram ao chão, indicou a agência Efe. 

A polícia não apresentou acusações contra a criança e, de acordo com a família de Reyes, outro colega acabou por confessar mais tarde o roubo dos cinco dólares.