Lisboa, 10 jul (Lusa) -- O ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares disse hoje que o esforço financeiro do Estado com a RTP totaliza os 508 milhões de euros em 2012, o que justifica a necessidade da reformulação do grupo.

Na intervenção inicial na audição, na Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, Miguel Relvas disse que "em 2012, o esforço com a RTP totaliza [...] cerca de 508 milhões de euros quando, por exemplo, o esforço financeiro do Estado com o Centro Hospitalar Lisboa Norte -- Hospital Santa Maria é de cerca de 290 milhões de euros e com o São João do Porto é de cerca de 289 milhões de euros".

O ministro com a tutela da Comunicação Social explicou que o valor foi influenciado pela liquidação da dívida de médio e longo prazo, efetuado no primeiro trimestre, depois de analisados o valor dos juros a pagar, nas atuais condições e com o 'downgrade' da notação da República.