Numa entrevista ao canal televisivo italiano Sky, Massa, que na segunda-feira foi submetido a nova intervenção cirúrgica ao crânio, congratulou-se por estar a "recuperar rapidamente", deixando para os médicos e para os técnicos da Federação Internacional do Automóvel (FIA) uma opinião final quanto ao regresso ao "Circo".

"Está tudo a correr bem e a minha condição está a melhorar rapidamente. Por mim, regressava já amanhã, mas faltam as condições de segurança. Essa parte cabe aos médicos e aos técnicos da FIA decidir", explicou o piloto da Ferrari.

Massa foi atingido na cabeça por uma mola da suspensão do monolugar do compatriota Ruben Barrichello (BrawnGP-Mercedes) quando seguia a cerca de 250 km/h. Perdeu os sentidos e foi embater com violência numa barreira de pneus.