Macau, China, 13 dez (Lusa) - O 58.º Grande Prémio de Macau, que teve lugar entre os dias 17 e 20 de novembro, terminou com novos recordes de receitas que se traduziram num encaixe de 36 milhões de patacas (3,3 milhões de euros), foi anunciado.

De acordo com um comunicado divulgado pela Comissão do Grande Prémio de Macau, o evento, oficialmente patrocinado pela Sociedade de Jogos de Macau (SJM), fundada por Stanley Ho, gerou só na bilheteira receitas de 10 milhões de patacas (940.370 euros). Já os restantes proventos resultaram de patrocínios e de títulos de corridas.

Apesar da instabilidade do tempo durante o Grande Prémio, em que se disputaram três corridas principais e quatro de suporte no circuito da Guia, os motores atraíram 65 mil espetadores.