Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Xinhua diz que Google "não está em posição moral" para dar lições de liberdade

Lusa

  • 333

Pequim, 07 nov (Lusa) -- A agência oficial chinesa, Xinhua, publicou um hoje um editorial contra a Google onde sublinha que a empresa "não está em posição moral de dar lições sobre a liberdade na Internet" depois do presidente da empresa instar Pequim a levantar a censura à Rede.

A Xinhua acusa a Google e o seu presidente, Eric Schmidt, de ter "duas faces" e de atirar a "moralidade" fora ao colaborar com o Governo norte-americano em atos de espionagem dos seus utilizadores e ceder informações.

"Na realidade a Google tem duas faces: a aparência comercial e a cara política e de acordo com as necessidades mudam a sua atuação" refere o texto ao enfatizar que se a "Google com duas faces não volta à China, é melhor".