Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Xeque Salman, do Bahrein, eleito presidente da Confederação Asiática de Futebol

Lusa

  • 333

Kuala Lumpur, 02 mai (Lusa) -- O xeque Salman bin Ebrahim Al Khalifa, presidente da federação do Bahrein, foi hoje eleito presidente da Confederação Asiática de Futebol (AFC), sucedendo a Mohamed bin Hammam, que se demitiu depois de sido considerado culpado de corrupção.

O novo líder da AFC recolheu 33 dos 46 votos nas eleições realizadas durante o Congresso extraordinário do organismo asiático, em Kuala Lumpur, derrotando Worawi Makudi, da Tailândia, que recolheu sete votos, e Yousuf Al Serkal, dos Emiratos Árabes Unidos, que recebeu seis, enquanto o saudita Hafez Ibrahim Al Medlej retirou a sua candidatura.

O xeque Salman, que completará o mandato de Mohamed bin Hammam até 2015, é acusado por várias organizações de defesa dos direitos humanos de ter promovido uma purga de jogadores e dirigentes desportivos durante a repressão das manifestações a favor da democracia que ocorreram no Bahrein em 2011.