Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

WikiLeaks: Suécia não quer ouvir Assange antes da extradição - Garzón

Lusa

  • 333

Quito, 03 ago (Lusa) - O antigo magistrado espanhol Baltasar Garzón, que integra a equipa legal que defende o fundador da WikiLeaks, Julian Assange, disse hoje que, na sua opinião, a Suécia "não quer ouvir" o australiano antes de conseguir a sua extradição.

Em conferência de imprensa, em Quito, ao lado de Cristine Assange, mãe do fundador da WikiLeaks, Garzón comentou a recusa do ministério público sueco de recolher depoimentos de Julian Assange na embaixada do Equador em Londres.

Para Garzón, esta posição das autoridades judiciais suecas significa que "a Suécia não quer ouvir o que o senhor Assange tem a dizer antes que o extraditem para a Suécia".