Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

WikiLeaks publica hoje mais de 1,7 milhões de documentos norte-americanos

Lusa

  • 333

Londres, 08 abr (Lusa) -- O WikiLeaks publica hoje mais de 1,7 milhões de documentos diplomáticos secretos dos Estados Unidos datados de 1970, revelou o fundador do sítio na Internet Julian Assange à agência britânica Press Association.

De acordo com Julian Assange, refugiado na embaixada do Equador em Londres, as notas, relatórios e correspondências vão "enfatizar" a grande variedade e o alcance da influência norte-americana em todo o mundo.

Os novos documentos, datados entre 1973 e 1976 estão, contudo, disponíveis para consulta no Arquivo Nacional dos Estados Unidos e não são oriundos de polémicas fugas de informação.